NEWSLETTER
Recursos - Mais informação melhor participação
Você está em › InícioRecursosNotíciasApresentação de resultados do Programa de Apoio a Pessoas com Deficiência

Apresentação de resultados do Programa de Apoio a Pessoas com Deficiência

A Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência e o Presidente do Conselho Diretivo do INR estiveram hoje presentes no seminário de apresentação dos resultados do Programa de Apoio a Pessoas com Deficiência, que resulta dum protocolo entre a Guarda Nacional Republicana e várias organizações que trabalham para as pessoas com deficiência.

Secretária de Estado para a Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, e Julieta Sanches, Presidente da Fenacerci

 Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado da Inclusão das pessoas com Deficiência,  Julieta Sanches, Presidente da FENACERCI, e Major Paulo Poiares, da GNR

 
As intervenções de abertura destacaram a prevenção aos maus tratos contra pessoas com deficiência e o desenvolvimento deste Programa de Apoio a Pessoas com Deficiência, em parceria estreita entre a GNR e as várias organizações que trabalham para as pessoas com deficiência.

A Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência destacou também o protocolo entre a GNR e o INR, I.P., firmado no início da sua legislatura, que visa contribuir efetivamente para a melhoria da formação dos agentes da GNR que prestam apoio a pessoas em situação de grande fragilidade. 

Foram apresentados os resultados obtidos em 2017, no âmbito do protocolo entre a GNR, a Fenacerci (Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social), e as várias organizações que trabalham para as pessoas com deficiência, registando-se a intervenção em 3.199 situações de desrespeito pelo estacionamento para pessoas com deficiência, a sinalização de 21 crimes sobre pessoas com deficiência e a receção de 247 SMS de solicitação de ajuda.
Foram também realizadas diversas ações de informação e educação para a cidadania, ações de formação de agentes, bem como a produção de materiais e recursos informativos acessíveis.

Os responsáveis pela implementação e avaliação do protocolo congratularam-se pelos resultados obtidos. Destacaram que a promoção e garantia de direitos das pessoas com deficiência exige um conhecimento concreto das realidades particulares, sendo a inclusão um processo colectivo que deve ser suportado em estratégias complementares.

 

Última actualização: Quarta-Feira, 10 Janeiro de 2018