NEWSLETTER
Recursos - Mais informação melhor participação
Você está em › InícioRecursosAgendaTeatro "Jângal" | Sessão com interpretação LGP e audiodescrição

Teatro "Jângal" | Sessão com interpretação LGP e audiodescrição

Local: São Luiz Teatro Municipal, Lisboa - Sala Luís Miguel Cintra
Data: 1 julho, domingo, 17h30


Conversa com a equipa artística após o espetáculo

 
Jângal: "Floresta, matagal, na Índia Portuguesa; deserto."
Nesta definição revelam-se propósitos coloniais mas a sua etimologia remete-a para o sânscrito em que designava terra inculta (sem cultura dominante), um terreno por explorar, lugar de possibilidades infinitas por começar. JÂNGAL é o desencantamento do mundo para além da selva de betão e da selva biológica. No seu espaço encontramos montanhas de ouro sobrevoadas por pégasos, enquanto Ulisses desembarca numa Lisboa de sereias. JÂNGAL é teatro que desfaz corpos, dilui ontologias e inventa liberdades.

Um espetáculo de Teatro Praga (André e. Teodósio, Cláudia Jardim, José Maria Vieira Mendes e Pedro Penim)
Interpretação André e. Teodósio, Cláudia Jardim, Jenny Larue, Joana Barrios, João Abreu e a participação da cantora Gisela João; Cenografia: Bruno Bogarim; Figurinos: Joana Barrios; Música: Violet; Desenho de luz: Daniel Worm d'Assumpção; Desenho de som: Miguel Lucas Mendes; Fotografia: Alípio Padilha;Direcção de Produção Andreia Carneiro; Assistente de Produção: Alexandra Baião.

 
Última actualização: Sexta-Feira, 11 Maio de 2018