NEWSLETTER
Recursos - Mais informação melhor participação
Você está em › InícioRecursosNotíciasEscola Alerta! Todos temos os mesmos direitos!

Escola Alerta! Todos temos os mesmos direitos!


O Município de Águeda recebeu, no dia 7 de novembro de 2018, a Festa Nacional do Concurso "Escola Alerta!", uma festa que tornou evidente que as gerações mais novas construirão uma sociedade inclusiva, num futuro que garantirá os Direitos Humanos.

A Secretária de Estados da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes abriu a cerimónia, congratulando-se pela ampla participação no Concurso das Escolas de todo o País e realçando que todos os alunos que participaram no Concurso estão agora mais despertos para a diferença e, ao longo da sua vida, vão lutar para garantir os direitos das pessoas com deficiência.

Entregaram os prémios do ano letivo de 2017/2018, Ana Sofia Antunes, Humberto Santos, Marina Van-Zeller (Presidente e Vice-Presidente do INR, respetivamente) e Elsa Corga (Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Águeda) às seguintes escolas:

Categoria 1 - (1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico)   Categoria 2 - (3.º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário)
 1.º Prémio - «Não sejas "monstrinho", trata todos com carinho», da Escola Básica de Águeda (Agrupamento de Escolas de Águeda).

2.º Prémio - «E se fosse contigo?», Da Escola Básica de Vouzela.

3.º Prémio - «Juntos pela inclusão», Da Escola Básica do 1.º Ciclo do Centro de Ocupação Infantil (Fundação COI).
 1.º Prémio - «Brinquedo para a Inclusão: Se Todos Brincarmos Somos + Felizes», da Escola Secundária de Molelos (Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido de Figueiredo).

2.º Prémio - «Turismo Acessível - Armadilhas Escondidas», da Escola Básica Integrada Frei António das Chagas (Agrupamento de Escolas de Vidigueira).

3.º Prémio - «Helpo. Vencer Barreiras», do Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches.
A Festa começou, logo pela manhã na Escola Fernando Caldeira, oferecendo aos alunos da Escola Fernando Caldeira a oportunidade de participarem nas atividades culturais e desportivas inclusivas promovidas pela CERCIAG e Clube Desportivo GICA.
Com os olhos vendados os alunos fazem o reconhecimento de materiais com as mãos e pés, clientes da Cerciag praticam judo em conjunto com os alunos; alunos dançam em roda com o rancho folclórico da Cerciag 

À tarde, no Centro de Artes de Águeda, a cerimónia foi animada pelas atuações da Fanfarra da CERCIAG, do Conservatório de Música de Águeda e pela apresentação do trabalho «Não sejas "monstrinho", trata todos com carinho» pelos alunos do Agrupamento de Escolas de Águeda, que promoveu a Festa do Festa do Concurso "Escola Alerta!", em parceria com o INR.

Cerimónia de entrega dos prémios: SEIPD no palco com os preimeiros lugares do prémio em ambas as categorias; atuação da fanfarra da Cerciag; apresentação do trabalho não sejas monstrinho, trata todos com carinho 

Os anfitriões desta festa, e vencedores do concurso, espelharam, através da declamação de um poema, que o "Escola Alerta!" é mais do que um prémio no fim da análise de uma candidatura, é interiorizar em cada um dos participantes o respeito pela diferença:

Era uma vez uma turma
Que queria ser diferente
Chamar a atenção de todos
Para o que importa realmente!
 

Soubemos do projeto
Por influência da professora:
"-Querem participar?"
"-Queremos, sim senhora"

"Estar alerta" ao que nos rodeia
Ter atenção à dificuldade
Que qualquer ser humano
Enfrenta na sociedade
 


Aprendemos que estar alerta
É ter o dever de informar
Que todos os cidadãos 
têm o direito de participar. 

Nas aulas de cidadania
Decidimos trabalhar
Um projeto interessante
Para consciências despertar

Acessibilidade para todos
É um direito de qualquer cidadão
"És diferente, não podes participar...
Não é explicação!"

Partindo de uma história
"O monstrinho vai à escola"
Muitas ideias surgiram
Como magia numa cartola.
Ter uma deficiência 
Não é sinónimo  de exclusão
Desperta a tua inteligência
"Diz não à discriminação!"

 Quisemos ser interventivos
E o concelho mobilizar
Derrubar barreiras
É tarefa a realizar. 

O trabalho elaborado
Foi de encontro ao objetivo
Sentimos que fizemos diferença
E o tema foi debatido. 

Elaborámos um semáforo
Para nos ajudar a dizer "Não...
À indiferença
Às dificuldades de locomoção!"

Se estiveram com atenção
Perceberam que o que nos move
É alertar, sensibilizar
Para as dificuldades de locomoção. 

"Não sejas monstrinho
Olha à tua Volta
Trata todos com carinho"
Não fomentes a revolta.

Estar alerta
É desejar
A participação
A todo e qualquer cidadão

Na Câmara Municipal
Entregámos a nossa opinião...
Deixámos também um semáforo
Elaborado com toda a dedicação.
Estar alerta
É não discriminar
Pois todos têm direito
De na sociedade se expressar.
Diz não à discriminação
Ser diferente
Não é, nem pode ser
Um motivo de exclusão!
 
 Como nota final, mas não menos importante, é de realçar, a presença de todas as Escolas Premiadas, apesar das suas distâncias geográficas, como por exemplo a Escola de Vidigueira/Alentejo .
Última actualização: Quinta-Feira, 08 Novembro de 2018