Lançamento do guia para a inclusão de pessoas com deficiência em ações humanitárias

02/01/2020

O Comité Permanente Interagências das Nações Unidas (IASC) anunciou o lançamento do guia para a inclusão de pessoas com deficiência em ações humanitárias

O IASC criou, em 2016, uma equipa encarregue de definir as diretrizes para a inclusão de pessoas com deficiência em ações humanitárias, que seriam compiladas num guia para orientar o trabalho de atores humanitários, governos e comunidades. A equipa integrou mais de 90 atores com atividades na área humanitária e realizou o seu trabalho de janeiro de 2017 a junho de 2019.

É de sublinhar a prioridade atribuída pelo Secretário-Geral das Nações Unidas (SGNU) à inclusão de pessoas com deficiência em distintas áreas de atuação das Nações Unidas, para além da necessidade de serem delineadas estratégias especificamente orientadas para acudir estes indivíduos em situações de crise, uma vez que os impactos são por eles sentidos de uma forma mais profunda.

Destaca-se também, com a publicação deste guia, a finalização destas diretrizes, três anos volvidos da Cimeira Mundial sobre Assuntos Humanitários, na qual se evidenciou que a questão da inclusão das pessoas com deficiência em ações humanitárias teria que se afastar do paradigma “one fits all” para, em vez disso, se atender à condição de cada indivíduo.

Por último, destacar as declarações da Vice-Diretora-Executiva da UNICEF, Charlotte Petri Gornitzka, que, durante a apresentação deste Guia, além de apelar ao estabelecimento de um método mais sistemático e coerente para esta inclusão, fez questão de louvar a recente ação humanitária em Moçambique que revelou que a aposta feita na formação e sensibilização de técnicos na área de prestação de apoio a pessoas com deficiência, contribuiu para os bons resultados que se conseguiram alcançar.