Notícias & Eventos

Notícias

 Dia do Intérprete de Língua Gestual Portuguesa 2021

Dia do Intérprete de Língua Gestual Portuguesa, 2021


O Instituto Nacional para a Reabilitação comemora o Dia do Intérprete de Língua Gestual Portuguesa (LGP), a 22 de janeiro. A data desta comemoração remete para 22 de janeiro de 1991, para a fundação, em Lisboa, da primeira Associação de Intérpretes de Língua Gestual Portuguesa (AILGP). Os Intérpretes de LGP são, segundo a lei n.° 89/99 de 5 de julho, “os profissionais que interpretam e traduzem a informação de língua gestual para a língua oral ou escrita e vice-versa, por forma a assegurar a comunicação entre pessoas surdas e ouvintes”. Porém, ser Intérprete de LGP, é muito mais: é ser a ponte de comunicação entre pessoas surdas e ouvintes, é ser voz, é proporcionar acessibilidade, autonomia e, acima de tudo, é contribuir para a inclusão da Comunidade Surda em todos os contextos de vida, como por exemplo na educação, na saúde e no lazer.   A regulamentação da profissão de Intérprete de Língua Gestual Portuguesa encontra-se prevista no Orçamento de Estado de 2021 (art.º 57.º), a realizar durante o primeiro trimestre, o que irá contribuir para mais e melhor acesso à informação e aos serviços. Visa contribuir também para um melhor acesso das pessoas com deficiência aos serviços públicos, através da criação de uma bolsa de Intérpretes de Língua Gestual Portuguesa, por distrito (art.º 355.º), e de medidas como a legendagem para pessoas surdas e a disponibilização de máscaras inclusivas. Os Técnicos Superiores/Intérpretes de Língua Gestual Portuguesa do INR assinalam esta data, interpretando em Língua Gestual Portuguesa esta notícia e agradecendo a todos os que com eles colaboram, nos diversos contextos, na garantia da acessibilidade para as pessoas surdas. Parabéns a todos os Intérpretes de Língua Gestual Portuguesa e a todos os que diariamente trabalham e se dedicam à acessibilidade à informação para as pessoas surdas. Consulte aqui mais informação sobre a profissão de Intérprete de Língua Gestual Portuguesa e as medidas adotadas em tempo de pandemia , produzida pela Associação Nacional e Profissional da Interpretação - Língua Gestual (ANAPI-LG),  sobre aspetos históricos desta profissão e, pelo Departamento de Surdocegueira da Associação de Surdos do Porto, sobre higiene e segurança para combate da pandemia.
Ver detalhes do destaque

Eleições acessíveis: Eleição para a Presidência da República 2021


No dia 24 de janeiro de 2021 vai realizar-se a Eleição para a Presidência da República. No sentido de promover o direito ao voto das pessoas com deficiência foram preparados dois folhetos, elaborados em leitura fácil, que resultaram do trabalho conjunto do Instituto Nacional para a Reabilitação, da Comissão Nacional de Eleições (CNE) e de várias organizações não governamentais de pessoas com deficiência, bem como um vídeo de sensibilização à participação dos cidadãos com deficiência nos atos eleitorais. No folheto ELEIÇÕES - Informações Gerais poderá encontrar informação sobre o que é uma eleição, quem pode votar, como confirmar a sua situação eleitoral, como votar, entre outras informações relacionadas com a participação das pessoas com deficiência na vida política. No segundo folheto pode encontrar as informações sobre a ELEIÇÃO - Presidente da República a decorrer em 24 de janeiro de 2021.
Ver detalhes do destaque
 Banner Eleição Presidencial 2021 - 24 janeiro, com a hashtag #VOTARSEGURO

Eventos

23
Jan

 Desenho de mão levantada | Café memória fica em casa | roda com vários móveis e utensílios de casa.

Café Memória Fica em Casa

Atualizado: 04/12/2020

As sessões dos Cafés Memória encontram-se temporariamente suspensas (até se encontrarem reunidas condições para voltar aos encontros presenciais aos sábados no período da manhã).

Apesar do período delicado em que nos encontramos por causa da Covid-19, não deixamos de ter os Cafés Memória. Com o novo formato intitulado “Café Memória Fica em Casa”, este vai funcionar à distância!

Todos os sábados, às 10h30 da manhã, uma das equipas (da rede do Café Memória) vai promover uma sessão virtual. Estas sessões vão contar com um orador convidado que abordará um tema específico, interessante e relacionado com a demência. Todos terão a oportunidade de lhe colocar questões, como é habitual nas sessões presenciais.

Cada sessão terá a duração máxima de 1h30m e realiza-se com o recurso à plataforma Zoom. Para o efeito, basta aceder à Internet e juntar-se utilizando o link: https://zoom.us/j/7872063580.

A próxima sessão do  Café memória Fica em Casa, no dia 23 de janeiro, é sobre "A  Covid-19 e a Demência" e teremos como convidado o neurologista, Dr. Celso Pontes.

Todos os Cafés Memória agradecem a Sua participação e a equipa de  Lisboa ( Chiado, Castilho e Olivais) está desejosa de voltar a estar consigo!

Ver evento