Prémio de Inovação Tecnológica Engenheiro Jaime Filipe

Atualizado: Seg, 06 Dez 2021 16:32:14 +0000

Prémio Edição 2021

Vencedor (1º Prémio): Projeto “I AM Visiting: Interactive, Accessible and Multisensory Museum Visits”

“A solução tecnológica apresentada foi desenvolvida entre 2020 e 2021 como parte da investigação de doutoramento, implementada e testada no Museu da Farmácia do Porto em abril de 2021, com 25 visitantes com deficiência visual, no âmbito da exposição: “Mistérios da Arte de Curar: Uma experiência multissensorial por 5000 anos de história”. Tem como principal ambição nivelar a experiência da visita ao museu por públicos com e sem deficiência visual. Focando-se na inclusão social desde a sua génese, reinterpreta a visita numa ótica multissensorial e interativa, e que integra as dimensões de acesso intelectual, sensorial e físico, do princípio ao fim. Ao longo de um percurso expositivo distribuído por todo o espaço museológico — que inclui dez paragens acessíveis — todos os visitantes são convidados às mesmas experiências, mediadas por tecnologias ubíquas que proporcionam interações não convencionais e autónomas.”

Autor: Roberto Ivo Fernandes Vaz

 

1ª Menção Honrosa

Projeto “SNS 24 – Língua gestual portuguesa”

Projeto que permite que os utentes surdos, comuniquem em Língua Gestual Portuguesa, acedendo de forma rápida e eficaz a mediação da comunicação entre o cidadão surdo e os profissionais que realizam o atendimento no SNS24 e a mediação da comunicação entre o cidadão surdo e os profissionais de saúde que se encontrem a prestar cuidados presenciais.

Autor:  SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde

2º Menção Honrosa

Projeto “SMILE4Rehab”

Descrição do projeto: O projeto SMILE4rehab é um jogo de realidade mista que visa promover a reabilitação física e social de pessoas com mobilidade reduzida. Esta tecnologia visa dotar cuidadores e terapeutas de abordagens inovadoras que possibilitem a fomentação de programas de reabilitação através de atividades físicas e cognitivas com recurso a vídeo jogos, possibilitando melhorias no estado de saúde para esta população alvo.

Autor: Ingeniarius Lda

O Prémio de Inovação Tecnológica Engenheiro Jaime Filipe distingue o trabalho que mais contribua para a melhoria da qualidade de vida das Pessoas com Deficiência, de acordo com os objetivos do prémio:

  • Estimular o desenvolvimento e a investigação na área da deficiência, designadamente, ao nível da inovação tecnológica.
  • Premiar e dar notoriedade pública às invenções, projetos ou produtos tecnológicos inovadores que contribuem para a melhoria da qualidade de vida das Pessoas com deficiência, com vista a:
    • Promover o desenvolvimento de projetos de investigação inovadores e promotores de autonomia e independência das pessoascom deficiência que incluam medidas, propostas e soluções quefacilitem a realização dos atos da sua vida diária pessoal e social;
    • Estimular a invenção e desenvolvimento de produtos, equipamentos, instrumentos, utensílios, tecnologias e metodologias que facilitem, otimizem e prolonguem as capacidades físicas, cognitivas e sociais das pessoas com deficiência e sejam garante de uma maior qualidade de vida;
    • Estimular a criatividade nas áreas tecnológica e de design, podendo ser consideradas neste âmbito, as tecnologias de informação e comunicação, as metodologias de inovação e empreendedorismo social, distribuição de serviços, design universal, acessibilidades e outras que contribuam efetivamente para a promoção da funcionalidade e da participação social das pessoas com deficiência;
    • Sensibilizar a sociedade e os sectores nacionais do design, da indústria e da economia, em particular para a deficiência e incapacidade, para a necessidade de invenção, produção e comercialização de produtos, equipamento ou adaptações que assegurem a funcionalidade, a inclusão e a participação das pessoas com deficiência.

 

O 1.º Prémio, no valor de 10.000 euros, é atribuído pelo INR, em parceria com o Grupo Os Mosqueteiros. Os vencedores deste Prémio, bem como as Menções Honrosas, recebem também uma peça de arte oferecida pelo CEARTE- Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património.

Documentos disponíveis para descarregar