Novo Balcão da Inclusão em Oeiras


O INR assina mais um protocolo da rede de Balcões da Inclusão. No dia 23 de maio, a Câmara Municipal de Oeiras junta-se aos Municípios que já aderiram a esta iniciativa, através da assinatura de um Protocolo de Cooperação, com o objetivo de prestar às pessoas com deficiência atendimento especializado. Neste balcão os cidadãos com deficiência, e suas famílias, podem obter apoio  na procura das soluções mais adequadas à sua situação, designadamente no que diz respeito a: Encaminhamento global e integrado sobre os seus direitos e benefícios; Recursos existentes, designadamente prestações e respostas sociais, emprego e formação profissional; Produtos de apoio/ajudas técnicas, benefícios fiscais, acessibilidades e transportes, intervenção precoce e educação.

ver detalhes

Eleições acessíveis – Parlamento Europeu 2019


No próximo dia 26 de maio de 2019 vai realizar-se a Eleição para o Parlamento Europeu. No sentido de promover o direito ao voto das pessoas com deficiência foi  preparado um folheto, elaborado em leitura fácil, com informações sobre o processo eleitoral. Este folheto é o resultado de um trabalho conjunto do Instituto Nacional para a Reabilitação, da Comissão Nacional de Eleições (CNE) e de várias organizações não governamentais de pessoas com deficiência. Aqui poderá encontrar informação sobre o que é uma eleição, quem pode votar, como confirmar a sua situação eleitoral, como votar, entre outras informações relacionadas com a participação das pessoas com deficiência na vida política. Para mais informação, consulte o  Folheto em leitura fácil 

ver detalhes

Complemento da Prestação Social para a Inclusão já chegou a cerca de 5500 beneficiários


Em maio de 2019 cerca 5.500 titulares da Prestação Social para a Inclusão (PSI) receberam o Complemento. Esta segunda componente da PSI é dirigida às pessoas com deficiência que se encontrem em situação de pobreza. O número de requerimentos do Complemento ultrapassou os 30.000, tendo sido deferidos 13.956 (46%) e indeferidos 1.648 (5%). O grupo mais significativo de beneficiários do Complemento (60%) são pessoas que tiveram acesso à proteção social pela primeira vez com a entrada em vigor da nova Prestação Social para a Inclusão, ou seja, anteriormente não beneficiavam de qualquer apoio social por deficiência ou invalidez. O segundo grupo mais significativo de beneficiários (40%) são pessoas que migraram da Pensão Social por Invalidez e que veem assim a sua proteção social substancialmente reforçada. Somando as duas componentes da PSI (a Base e o Complemento) o valor médio da Prestação Social para a Inclusão recebido pelas pessoas com deficiência em situação de pobreza foi de 510,22 euros em maio de 2019, sendo que cerca de 1.500 beneficiários auferiram do valor máximo global da PSI, no montante de €711,61. Estes dados comprovam a importância do alargamento da cobertura da proteção social, conferindo uma natureza mais inclusiva e abrangente no acesso aos apoios sociais na área da deficiência. Mais informação

ver detalhes

Acesso rápido a:

Biblioteca Especializada
Ir para Perguntas frequentes
Página do INR relativa ao Catálogo de Produtos de Apoio
Página do INR relativa ao Balcão da Inclusão

Próximos Eventos